(GERAR VENDAS?) Como fazer meu site aparecer no Google?

Para Vender na Internet é preciso ter e observar alguns fatores muito importantes.

Vamos apresentar logo abaixo alguns deles, mas desde agora quero te falar do “Mito do Conteúdo Excepcional que Vende Sozinho”. Esse mito foi produzido há muito tempo e dizia que só era possível vender na internet se você tivesse um conteúdo excepcional [veremos se é ou não importante], isso aconteceu porque os ditos “bam-bam-bam” do marketing digital queriam na verdade vender seus cursos de criação de conteúdo.

Essa mentira relatada acima, foi a causa do prejuízo de centenas de pessoas ingênuas que gastaram milhares de reais, para a aquisição de tais cursos e mesmo assim, não conseguiram aparecer no Google, mesmo investindo em palavras chave e em cursos caríssimos.

ISSO NÃO É TOTALMENTE VERDADE. Ter bom conteúdo realmente é importante, mas não basta só isso, pois você pode ter um conteúdo excelente, tráfego qualificado, gastar muito dinheiro e mesmo assim, não aparecer nos resultados de busca do Google, nem mesmo conseguir vender ou atrair mais clientes para seu negócio.

Então, o que fazer…

Então como fazer meu site aparecer no Google? Esta é a pergunta de OURO do Marketing Digital.

Vou Revelar aqui para você alguns princípios que são pouco falados quando se trata de posicionar sites na Primeira Página do Google. Logo nós veremos nesse Artigo:

  • O Efeito Sandbox;
  • O Registro Adequado do Domínio
  • O Conteúdo Excepcional [mito vs verdade]
  • A Importância do Branding Marketing
  • A Técnica de Ranqueamento Master
como ser achado na internet
Fonte: Pixabay

1º Ter um Domínio Registrado no Google Webmaster para evitar o efeito Sandbox

Muitos empreendedores até criam sites, hoje em dia isso é extremamente fácil, mas a questão é que você precisa ter o SEU site, não um site terceirizado do WordPress.com, Blogger ou Wix, nesse artigo AQUI explico melhor sobre isso.

Se você está aqui lendo esse artigo provavelmente seja devido a você ter feito tudo que podia, pesquisou seu mercado de trabalho, escolheu um bom nome para seu domínio, inseriu conteúdo, configurou um tema legal e nada de atrair mais clientes ou aparecer nas buscas. Quando isso acontece a primeira coisa que vem na sua mente é: Por que meu site não aparece no Google?

Isso é mais comum do que se imagina. Esse tipo de resultado acontece devido ao “sandboxed mode”, um tipo de “modo seguro”. É muito provável que você nunca tenha ouvido sobre isso antes, mas o fato é que especialistas de SEO já conversam e especulam sobre o “efeito sandbox” há uns 10 anos pelo menos.

Acredito que apesar das especulações o Sandbox seja 1 das explicações, isso já acontece há alguns anos, mas de 2014 para cá isso se intensificou, e por isso os novos sites demoram muito para aparecer nos resultados de buscas, mesmo que tenha um excelente conteúdo.

Neste sentido é MUITO importante não apenas ter um Site Registrado, eles precisam estar registrados no Google Webmaster, isso se deve ao fato de que o Google só leva em consideração a idade do seu site a partir da data de registro no Google webmaster. E a idade do site é um dos critérios para seu site ser aceito pelo Google.

Tenho dado consultoria a vários empreendedores iniciantes, e este é um erro recorrente. Pensam que basta contratar uma hospedagem, instalar seu site wordpress e inserir conteúdo, é preciso que ele seja oficialmente reconhecido pelo Google, e neste sentido você precisa estar registrado no Google Webmaster.

Para Verificar o Registro do Seu Site no Google Webmaster Clique Aqui.

2º Ter um conteúdo excepcional [não é tão difícil assim!]

Os “bam-bam-bam” dizem que você precisa comprar cursos caríssimos para conseguir produzir um conteúdo excepcional, e que só assim conseguirá vender na internet e atrair mais clientes para seu negócio.

MAS… Isso não é bem assim! Conteúdo é muito importante, mas não é o essencial para Ranquear o site. O que quero dizer é que são coisas distintas, conhecimento vs ranqueamento, vou explicar.

2.1 Conhecimento vs Ranqueamento

conhecimento versus rankeamento
Fonte: Freepik

O conteúdo está relacionado a conhecimento, e é fato que ninguém vai te seguir se você não tiver um que seja proeminente ao seu público. Por isso, não pode ter um site para seu negócio que fale de coisas que não tem a ver com seus clientes, ou que não ofereça algo distinto a eles, não basta contratar freelancer só para encher espaço, é preciso ter consciência do que oferece.

  • Conectar com o público
  • Trazer informação relevante
  • Fazer sentido com o produto
  • Apontar uma solução

Como consultor de Marketing Digital já vi cada coisa estranha, pessoas que compram artigos “bons”, mas que não oferecem NADA ao seu público ou que não “soluciona” nada. Só enrolação, isso não dá certo!

O conteúdo precisa ter sim, os requisitos para um bom SEO On Page, mas mesmo que tenha um conteúdo razoável pode levar um tempo aparecer nas pesquisas do Google (Porém, não é tanto tempo assim). Esse artigo pode te ajudar a Escrever Artigos para Serem Achados na Internet. Isso também tem a ver com o Branding que veremos no próximo item.

Já o ranqueamento está ligado a vários fatores técnicos que a maioria dos “construtores de site” não dizem a você. Dentre os requisitos o primeiro foi falado no tópico anterior, e há outros como:

  • Inserir todas as formas de escrita do seu domínio no Google Webmaster, por exemplo: www.seudominio.com, http://seudominio.com.br, as duas propriedades precisam ser registradas tendo você como proprietário;
  • Cadastrar seu site nos buscadores de conteúdo como: Bing, Yandex, Google, Aonde.
  • Melhorar a taxa de abertura de seu site e artigos. Dentro deste aspecto estão: imagens com menos de 100k de tamanho, aproveitamento do cache do navegador, colocar scripts no rodapé e não na head do site, dentre outros.

Estes são apenas algumas coisas que podem ser feitas e que ajudará com certeza o ranqueamento. Logo abaixo tratamos de outros pontos.

3º Trabalhar bem o Branding da sua empresa

Imagem é tudo! Já ouviu isso antes? Imagina você ter um excelente conteúdo, excelente estrutura, mas o visual faz seu possível cliente correr de você, esse artigo que escrevemos pode ajudar na sua compreensão destes assunto – VER AQUI O ARTIGO

MAS, O QUE ISSO TEM A VER COM RANQUEAR NO GOOGLE?

Imagino que você faça essa pergunta, pois, quero te dizer que tem muito a ver. Pois, um dos critérios levados em conta pelo algorítimo do Google é o tempo de permanência das pessoas no seu site.

Logo se a pessoa entra e sai logo, isso é negativo para sua empresa, tanto o Google como outros buscadores de conteúdo “vivem” para agradar seu público, por isso seu site, seria “taxado” de não ter conteúdo relevante. Isso não pode acontecer, não é mesmo!?

Para que isso não aconteça, você precisa trabalhar a sua Marca de tal forma que isso esteja impregnado, na imagem, conteúdo, postura e atendimento do seu cliente.

Escrevemos um Artigo falando especificamente sobre isso: “Branding Marketing Sua Empresa tem ou não tem?”

Tendo dito isso passaremos a um ponto chave de Ranqueamento do Google que poucos aproveitam.

4º Aplicar a técnica de ranqueamento por palavras de cauda longa

Palavras chave é um conceito bastante explorado no Marketing Digital, costumo dizer que é “a base sobre onde a internet está apoiada”. Mas, não basta apenas encher seu site de palavras aleatórias, como se por mágica elas fizessem sua empresa ser encontrada na internet.

Se você realmente quer aprender como fazer meu site aparecer no Google, você precisa trabalhar com palavras de cauda longa.

Mas, qual o motivo disso?

Você já ouviu falar de concorrência?

Ela também existe na internet, mas diferentemente da loja física não é o espaço, marca ou visibilidade que a determina, é sim as palavras chave.

Palavras Chave são os exatos termos digitados por seus clientes nos mecanismos de busca da internet, que os levam ao que estão procurando.

Logo, para sua empresa ou site serem encontrados na internet, trabalhar com Palavras Chave selecionadas a dedo e imprescindível. Neste sentido, é importante você saber que há basicamente dois tipos de palavras chave, a palavras curtas e as de cauda longa.

Digamos que o termo simples de busca é o que chamamos de palavras curtas, por exemplo: branding ou marketing. São palavras chave, mas curtas ou simples, não dizem nada, pois seus resultados de buscas são extremamente abrangentes, seria como procurar uma agulha no palheiro. Pessoas que buscam palavras assim, não sabem ainda o que quer, só tem uma ideia geral sobre o assunto.

Estas palavras são de concorrência Gigante. Por exemplo: a palavra Marketing possui 74.000 buscas mensais no Google, só no Brasil. Já a palavra chave “importancia do marketing digital” (escrita exatamente como está, sem acento) possui 880 buscas mensais no Brasil.

Desta última palavra podemos deduzir algumas coisas, tais como:

  • A pessoa não quer saber sobre qualquer marketing, ela quer o digital;
  • Ela já ouviu falar sobre marketing digital e quer saber mais;
  • Ela está interessada em aprender;

O que quero dizer a você é que a escolha de suas Palavras Chaves precisam seguir esse modelo, por alguns motivos:

  1. São palavras mais específicas e facilmente direcionáveis ao público certo
  2. São palavras de baixa ou média concorrência, logo se precisar fazer uma publicidade paga, o valor do clique será menor
  3. Ao escolher palavras de cauda longa é mais fácil posicionar seu artigo ou site na 1ª Página do Google, do que usando palavras genéricas e muito concorridas

5º Como eu aprendo mais sobre Ranqueamento de Sites no Google?

Existem poucos cursos que ensinam Técnicas de SEO de verdade e que podem ser aplicadas em qualquer negócio, seja físico ou virtual, e o melhor deles até hoje que encontrei foi o Método Money SEO Expert, o autor é do autor José Ailton.

De início esse curso era apenas disponibilizado dentro dos grupos Whatsapp do José Ailton. Nesse ano ele resolveu disponibilizar também para sites, por isso temos o privilégio de ser um dos poucos blogs que disponibilizam esse conteúdo gratuitamente. Não sei por quanto tempo ele manterá um conteúdo tão relevante disponível assim, então não perca tempo! Vá logo aos estudos e PRÁTICAS!

O Método Money SEO Expert trouxe para o Brasil técnicas que já são aplicadas por especialistas de Marketing Digital nos EUA à décadas.

Logo abaixo disponibilizo 7 tutoriais totalmente gratuitos do José Ailton! Se esse conteúdo já é de extrema qualidade disponibilizado gratuitamente, imagine como deve ser o curso completo? Aqui embaixo estão os links para as 7 Aulas Gratuitas, assim você já poderá começar aprendendo, e colocando em prática, antes mesmo de resolver adquirir.

Aula Gratuita 01 – Aqui – Senha 123

Aula Gratuita 02 – Aqui – Senha 123

Aula Gratuita 03 – Aqui – Senha 123

Aula Gratuita 04 – Aqui – Senha 123

Aula Gratuita 05 – Aqui – Senha 123

Aula Gratuita 06 – Aqui – Senha 123

Aula Gratuita 07 – Aqui – Senha 123

Se aplicar corretamente o Método terá muito sucesso no seu empreendimento.

E ai nosso conteúdo foi relevante para você? Se sim, deixe um comentário abaixo, isso também ajuda o artigo a ranquear, pois quanto mais interação, mais bem visto ele é pelo “titio” Google rs 😉 Conto com você!

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *